segunda-feira, janeiro 25, 2021

Nunca serás esquecido, Miki!


 Sempre nosso Miklós Fehér

sábado, janeiro 16, 2021

Família unida

Ontem vi o que queria ver, finalmente! Vi o "meu" Benfica! Já tinha saudades. E isto do "meu" Benfica é o quê? É ter raça, é ter querer e ambição. É jogar olhos nos olhos com o adversário, sem medo, mesmo no dragão (onde tudo pode, literalmente, acontecer). 
Queria que jogassem sem medo. Cumpriram. Atendendo a várias circunstâncias, o empate até poderia não ter sido um mau resultado. Mas depois do jogo... Fiquei com uma grande sensação de injustiça por não termos conseguido a vitória. Fomos a melhor equipa em campo. A única que quis ganhar. Estivemos em vantagem com uma bela jogada finalizada de forma perfeita pelo Grimaldo. Mas permitimos o empate e não fomos capazes de dar a volta. O Porto parece o velhinho Porto, aquele dos anos 90 que ganhava por reclamar, porrada, intimidação ao adversário e aos árbitros... Para além disso perderam tanto tempo de jogo, tão à descarada que só ali é que pode acontecer sem consequências. Na segunda parte então foi para esquecer. Perceberam que não iam lá das pernas e que o Benfica não estava para brincadeiras. Era só encostar num jogador do Benfica e já estavam no chão, cada um que caía era falta. Era só escolher o sítio. Não tiveram foi oportunidade de cair na área, mal lá chegaram, porque senão havia penalti na certa. Por isso mesmo custa ter empatado contra esta equipa que jogou tão pouco. A nossa equipa teve atitude, teve garra, pressionou alto, jogou e não deixou os outros jogarem mas faltou o golo da vitória. 

Perdemos dois pontos, mas acho que ganhamos uma equipa. E foi isso que mais me agradou. Adorei ver a entrega de toda a equipa e de todos os que estavam no banco. Se for para seguir assim, tenho a certeza que temos tudo para lutar até ao fim por todos os objectivos e sermos felizes. Depois do jogo de ontem sinto que a equipa fez a família benfiquista orgulhar-se e unir-se. Nós, adeptos, estivemos e estamos sempre cá, pelo Benfica! Quando remamos todos para o mesmo lado é sempre mais fácil! 

Seguimos JUNTOS, FAMÍLIA BENFICA!

sexta-feira, janeiro 15, 2021

Sem medo!

Esta semana, mais concretamente dia 12 de Janeiro de 2021, fez 7 anos que estive no jogo mais emocionante da minha vida. Para mim, que tenho poucas oportunidades de ver jogos ao vivo, é sempre emocionante ver o Benfica e então no Estádio da Luz nem se fala. Ainda me lembro da primeira vez que vi o Benfica ao vivo, a primeira vez que fui à "velhinha" Luz, a primeira vez na nova Luz, jogos mais emotivos de várias competições, jogos mais decisivos... Mas este foi o jogo mais especial. Um misto de tristeza com alegria. O jogo de homenagem e despedida ao nosso eterno Rei Eusébio. Foi por coincidência um clássico Benfica-Porto. Foi numa época de renascimento do Benfica, depois da anterior ter sido das mais frustrantes dos últimos tempos. Foi um jogo de união da família benfiquista. Naquele jogo, eram 11 Eusébios dentro de campo, foi uma comunhão perfeita entre equipa e adeptos. Naquele dia, nada nem ninguém podia parar o Benfica, nem impedir que se honrasse a memória do nosso Rei.

Naquela época o Benfica foi Campeão e aí começou a caminhada para o Tetra. Foram tempos gloriosos onde o Benfica, de que ouvia falar em miúda, parecia ter renascido. Parecia terem acabado aqueles anos de derroas e humilhações, onde ganhavam sempre os mesmos, nos anos negros do futebol português. O Benfica voltou a ser Benfica

Mas em muito pouco tempo tudo parece estar a desmoronar-se novamente. O último ano do Benfica foi para esquecer. E está difícil de voltar a encontrar o nosso caminho. O caminho das vitórias e das conquistas. Na última época perdemos os 3 jogos contra o Porto. Já esta época perdemos a Supertaça contra eles também. Parecem aqueles anos em que eles nos ganhavam sempre, parece que já entramos derrotados. Gostava tanto de voltar a ver aquele Benfica de há 7 anos. Ou aquele Benfica que entrou no dragão sem medo em 2019 e mesmo a perder deu a volta ao resultado e saiu de lá rumo à Reconquista. O resultado até pode não ser o melhor, mas pelo menos gostava de ver aquela atitude à Benfica que nos tem faltado.

Mostrem-nos que querem tanto quanto nós, deixem tudo em campo, queiram mais do que os outros! Honrem todos aqueles que escreveram a história do Benfica e façam parte daquela que ainda se vai escrever. Não tenham medo de nada nem de ninguém para elevar o nome BENFICA. Honrem o Manto Sagrado, honrem o Sport Lisboa e Benfica!

Nós cá estaremos, como sempre, juntos, porque  JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!


terça-feira, janeiro 05, 2021

7 Anos de Saudade

 


O nosso maior símbolo. O nosso Rei. Eternamente nosso.

sexta-feira, janeiro 01, 2021

2021 aqui vamos nós

Vamos com poucas expectativas. Um dos maiores ensinamentos de 2020 foi não criar grandes expectativas. Por isso acho que é assim que devemos encarar o novo ano. O que não quer dizer que não se deseje o melhor e se faça tudo por isso.

O que mais se pode desejar é saúde, o resto vem por acréscimo. O que mais desejo para o meu Benfica é que seja Campeão. Para isso acho que lhe falta uma coisa muito importante, que desejo muito que aconteça mas não se consegue prever quando e se irá acontecer. Ao Benfica faz-lhe muita falta o público. O Benfica é um Clube de milhões de adeptos que se fazem notar onde quer que a equipa esteja. Os novos jogadores, por mais que lhes contem como é o Estádio da Luz cheio, ou como o Benfica joga quase sempre em casa mesmo nos jogos fora, sem verem e sentirem nunca vão conseguir perceber. 

Haverá muito mais que está a faltar neste momento como podemos ver pelos resultados e exibições que nos têm desiludido tanto ultimamente. Mas acredito que a ausência de público, dos nossos adeptos, da nossa chama, da nossa Mística está a ter muita influência. Só nós e os jogadores que viveram esses momentos sentem o que nós sentimos. É inexplicável o poder da Luz a abarrotar pelas costuras, da onda vermelha na chegada a várias localidades, sobretudo no norte, como aquelas chegadas a Vila do Conde, o poder de ouvir o nosso nome do início ao fim em estádios onde os nossos são uma minoria como no dragão ou mesmo no estrangeiro. Há coisas que não se explicam! E esse é um dos maiores poderes do Benfica, os seus adeptos. 


Desejo muito que os adeptos possam voltar aos jogos, era muito bom para o Benfica, para o futebol e desporto em geral e sobretudo para a Humanidade. O fim desta pandemia, que já nos tirou tanto, é o que mais desejo. 

Saúde e Saudações Benfiquistas!