quinta-feira, julho 09, 2020

Pelo Benfica!

Hoje é dia de Benfica! Dia de jogo é sempre dia de motivação especial. Não há volta a dar. Valores mais altos se levantam. Nem que fosse em pré-época, como seria nesta altura em condições normais. Há 5 jogos para disputar até ao fim da época, 4 no campeonato e a final da Taça de Portugal. São 5 jogos para ganhar. Porque é assim no Benfica, porque é essa a essência do Benfica. Jogar sempre para ganhar, seja onde for, pelo Benfica

E PLURIBUS UNUM

sábado, julho 04, 2020

Obrigada Sr. Lage!

No dia 6 de Janeiro de 2019, primeiro jogo oficial de Bruno Lage como treinador principal do Benfica, algo me conquistou. E para  mim, desde esse dia, ficou a ser e será sempre senhor Lage. Um verdadeiro senhor. Educação, humanidade e humildade, sem nunca tirar os pés do chão, sempre com respeito pelo outro. Um ser humano digno e  cheio de bons valores. Tem muito para dar ao futebol. Tenho pena que já não possa dar mais ao Benfica.

Para mim, sempre que questionava alguma coisa logo repensava: sr. Lage é que sabe! O senhor da Reconquista que tornou um sonho quase impossível realidade. Quando parecia que tínhamos encontrado treinador para muitos e bons anos, eis que um ano trágico em todos os sentidos fez tudo desmoronar e desfazer os nossos sonhos. Ainda antes da pandemia tudo começou a correr mal e a inverter. E depois do recomeço nada mudou, ainda piorou. Como é que uma equipa que tantas alegrias nos deu, nos conseguiu dar tantas tristezas também? Foram capazes do melhor e do pior. Benfica e sr. Lage tinham tudo para dar certo. Mas há algo de errado no Benfica que o Benfica não merece. A vítima foi o treinador, como é sempre no futebol. Terá as suas culpas mas não as terá todas. Muitos erraram. Muitos que lá estão e estarão. 

Chegou ao fim esta bonita ligação. Mesmo reconhecendo que tinha de ser, custou-me muito. Tanto o Benfica como o sr. Lage não mereciam que fosse desta forma. Mas seja como for, a sua passagem jamais será esquecida e será sempre lembrado por tudo de bom que fez. 

Muito obrigada por tudo Sr. Lage!

Hoje o Benfica regressa aos jogos e a casa. A partir de agora com Nélson Veríssimo no comando principal. Todos os que estão no Benfica, desde os jogadores, à equipa técnica e à direcção, devem ter consciência do que são, do que valem, do que são capazes, mas acima de tudo do que representam. Porque é sempre isso que está em causa, representam o SPORT LISBOA E BENFICA! Nada nem ninguém que por lá passe será maior que o cube!

terça-feira, junho 23, 2020

Voltar a casa e voltar a ganhar!

É o que todos queremos. Depois de voltarmos às vitórias de que tanto tínhamos saudades, um vitória tão sofrida como saborosa em Vila do Conde, hoje é dia de voltar a casa para defrontar o Santa Clara. A nossa Luz estará vazia de adeptos mas cheia com os nossos cachecóis. E estamos como sempre estivemos. 
JUNTOS PELO BENFICA!

quinta-feira, junho 11, 2020

Não mereces nada disto Benfica...

Nem tu, nem nós. Nós que dizemos que o Benfica somos nós. Mas és cada vez menos nosso por muito que nos custe, infelizmente. Mas nós é que sofremos contigo e por ti. Não consigo perceber o que se passa. Pode haver muita coisa mas na hora do jogo, os escolhidos para envergar o "Manto Sagrado" têm de fazer muito mais. Tanto os  jogadores titulares, como os que entram do banco. Tanto o treinador como a equipa técnica. Porque há quem esteja de fora com mais vontade do que os que estão lá dentro. Um que sente como nós. E que ontem estava como nós. E a nós adeptos custa muito ver isto.

Eu não sei se a mensagem do treinador já não passa aos jogadores, mas os ordenados continuam a chegar à conta a tempo e horas Eu não sei se há problemas de egos mas se somos pagos para desempenhar uma função os egos têm que ser controlados. Eu não sei se a contratação do Weigl, quanto a mim despropositada e escusada, também tem influência, mas qualquer jogador sabe que hoje está aqui e amanhã noutro lugar, e também quererá ser integrado como qualquer outro. Eu não sei se o facto de se fazer renascer um jogador que já foi um bandalho afecta aqueles que sempre cumpriram com o trabalho, mas se deixam de cumprir por isso também já estão a falhar e todos merecem uma segunda oportunidade. Eu não sei se é o treinador que é demasiado permissivo para com os jogadores ou se demasiado submisso a uma direcção que vê mais milhões do que títulos. O que sei é que nós somos sócios de um clube que nos habituou a ganhar, que é o maior clube em Portugal. E os seus dirigentes querem fazer-nos crer que pode voltar a ser grande a nível internacional mas na hora da verdade... nada. Só promessas falhadas. Esta equipa liderada por Bruno Lage esteve com mais 7 pontos de vantagem sobre o segundo classificado. Uma série de maus resultados deitou tudo a perder. Mesmo assim, porque não somos só nós a estar mal, voltamos a ter oportunidades e não fomos capazes de reverter a classificação. Nem depois da paragem que mudou o Mundo! Para a nossa equipa parece que ficou tudo na mesma. Prometem-nos que vão dar tudo e não dão nada. Momentos maus todos têm e podem acontecer. Mas isto já vai muito para lá de um simples momento mau. Quem já já fez muito mais do que isto não consegue voltar a fazer?

Eu sou daquelas que acredita sempre. Foi o Benfica que me fez ser assim. E por muito triste e desiludida que esteja com os resultados, a cada novo jogo lá estou eu confiante que será desta. Uma pessoa espera tanto por aquelas duas horas que nos fazem esquecer do resto que só pensa na vitória para que a felicidade perdure. E ontem que alegria me deram quando marcaram o primeiro golo. Que saudades eu tinha de festejar um golo do Benfica. E depois veio outro e tudo parecia voltar ao normal. Chegar ao intervalo com 2-0 já dava outro ânimo. Na segunda parte... desfez-se tudo. Sofremos um e outro, e não fomos capazes de mais nada. Onde está a raça, querer e ambição benfiquista?? Vocês representam milhões de pessoas que davam tudo para estar no vosso lugar. Isto não é o Benfica. Não é o Benfica de que tanto ouvi falar nem o Benfica que já tantas alegrias me deu. Este parece um Benfica que já me deu muitas tristezas também, que fazem parte do futebol mas que não quero voltar sentir. Até podem perder tudo, mas têm que deixar tudo dentro de campo! Quando assim é não há mais nada a fazer. Não é o caso. Há ainda muito a fazer e vocês sabem disso. E sabem que são capazes. Por isso resolvam o que têm a resolver como Homens que são e honrem o Sport Lisboa e Benfica!

Eu estarei sempre cá a apoiar, porque EU AMO O BENFICA!

quarta-feira, junho 10, 2020

Sejam Benfica!

Chegou a hora da equipa do Benfica nos mostrar o que realmente quer. Alguma coisa se passa. Não sabemos é o quê. Antes da pandemia o Benfica não estava bem. Achei que a paragem lhes faria bem. Não só para recuperar lesionados mas também para recuperar o ânimo. E com esta nova realidade que enfrentamos acreditei que se conseguissem por de lado problemas menores. Uma equipa que durante uma pandemia não tem cortes de ordenados, que o clube não lhes deixa faltar nada a eles nem às suas famílias, que lhes dá todas as condições de trabalho em segurança teria que responder com outra atitude. Os sócios mostraram que acreditavam neles, preenchendo grande parte das bancadas da nossa Luz com os nossos cachecóis. E depois de tanto tempo de espera pelo regresso do nosso Glorioso tivemos uma grande desilusão. Vimos uma equipa a jogar a passo, sem garra nem raça. Aquela que faz falta para fazer a diferença quando os jogos estão difíceis. O que quer que seja que os impede de jogar o que já jogaram, o que quer que seja que os impede de jogar com alegria, que seja posto para trás das costas. Se a equipa trabalha de forma fantástica como diz Bruno Lage, joguem de forma fantástica pelo Benfica. O Benfica de todos nós, o clube que vocês representam e que nos apaixona. O Benfica que nos faz esquecer tristezas e nos dá ânimo para enfrentar dificuldades em tempos que nunca pensamos que íamos viver. Não tenham dúvidas de que estamos convosco como sempre estivemos e vamos estar. Quem vos atacou que não ouse usar o nome do Benfica pois não é digno dele. O Benfica não é isso. Podemos criticar e não concordar com muita coisa. Até porque somos milhões e todos diferentes. Mas como diz a canção somos milhões e uma só alma. E a alma benfiquista é de união com os nossos sempre! É JUNTOS que temos que estar, porque JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!


SEMPRE JUNTOS, PELO BENFICA!






quarta-feira, junho 03, 2020

Sempre Juntos!

O futebol português regressa hoje. O nosso Benfica regressa amanhã. Quantas saudades! Sinceramente pensei que não regressaria esta época. Mas também se tudo volta, o futebol também pode voltar. E por muito que o futebol seja a coisa mais importante das coisas menos importantes, há quem faça vida do futebol. E a vida tem que continuar. Ainda que numa constante adaptação à nova realidade.

Os jogos serão à porta fechada. Não vai ser a mesma coisa. O futebol é feito para os adeptos. Jogos à porta fechada são castigos para os clubes. E agora parece que todos vão cumprir castigos. Mas se com isso há mais segurança, que seja. Podemos questionar porque há públicos noutros eventos e não pode haver público no futebol, mas não nos leva a lado nenhum. Se há coisa que esta pandemia nos confirmou é que nada é mais importante que a saúde. Temos que a preservar, por nós, pelos nossos e pelo outros. Por maior que seja a paixão, sem vida nada é possível. É isso que está em causa neste momento. Portanto vamos respeitar e fazer a nossa parte o melhor que pudermos para o bem de todos. 

É preciso ter consciência acima de tudo. Muitos de nós já era à distância que apoiávamos. Talvez alguns saibam dar mais valor quando estiverem presentes. Mesmo pela TV vai ser diferente e estranho não ouvir aquele som ambiente. Mas será um mal necessário que esperemos valha a pena!

Amanhã volta o Glorioso, a partir das 19h15, contra o Tondela. A nossa Luz despida de adeptos  mas repleta de cachecóis. Será assim nos jogos em casa com os cachecóis dos nossos sócios. O nosso lá estará! Sempre Juntos! Pelo Benfica!


domingo, abril 26, 2020

Uma Liberdade diferente

A 25 de Abril de 1974 abriram-se as portas da Liberdade em Portugal. O Movimento das Forças Armadas pôs fim à ditadura. Foi a revolução dos cravos por um Portugal melhor. As melhores intenções com nobres valores. Foi um grande feito. O pós 25 de Abril não foi o idealizado inicialmente. Muitos valores de Abril se perderam. Muito oportunismo nestes anos, de lá para cá muita coisa mudou. Umas para melhor, outras para pior. Mas o essencial da liberdade conquistada foi-se mantendo. Liberdade essa da qual estamos privados agora, 46 anos depois. Liberdade no verdadeiro sentido da palavra. Liberdade de movimento, ausência de aprisionamento, independência. Ser livre é por em prática a vontade de fazer o que queremos. Sempre tendo presente que a nossa liberdade termina onde começa a dos outros. Mas no meio da pandemia da covid-19 estamos privados dessa liberdade. Não podemos, ou não devemos, ir para onde queremos, quando queremos. Estar com quem queremos. Fazer o que queremos. Este inimigo invisível veio trazer-nos o medo de ser livres. E hoje, dia em que Portugal celebra a Liberdade, fomos obrigados a celebrá-la de outra forma. Porque é de outra forma que todos temos vivido a nossa liberdade individual. Nunca pensei que viveríamos  o que estamos a viver. Uma guerra silenciosa. Vamos vivendo um dia de cada vez. Adaptando-nos à dura realidade com maior ou menor sacrifício. Não está a ser nada fácil. Jamais uma guerra poderia ser fácil. Vamos fazendo o que podemos. Como em muitos dos outros anos, para mim o dia 25 de Abril foi passado a trabalhar. Mas mesmo assim não foi igual aos outros. Todo o trabalho agora é diferente. O medo está lá sempre. 
Foi um dia da Liberdade com menos liberdade, diferente para todos. Importa continuar a fazer o possível para voltarmos a ter liberdade. Certamente que não será tão cedo quanto desejamos, nem tal e qual como já foi. Será uma nova liberdade. Que seja diferente mas que venha! Vamos continuar a lutar todos para o mesmo lado para que, como há 46 anos atrás, a união vença no final!

E já agora, para que volte o desporto e o Benfica que tanta falta nos faz para nos distrair e animar. Que saudades tenho de ver o  Benfica jogar. O "meu" Benfica, o nosso Benfica, o Benfica do nosso Capitão de Abril, Salgueiro Maia. 

25 de Abril de 2020

quinta-feira, março 19, 2020

O JOGO DAS NOSSAS VIDAS

Este blog é dedicado ao Benfica. Ao desporto, à paixão, à parte lúdica da vida que vivemos intensamente e fazemos dela vida muitas vezes. Agora fomos confrontados com uma nova vida. Sem futebol, sem desporto. Sem este entretenimento que tanto nos ocupava. Quando não tínhamos Benfica dizíamos que era uma tristeza. E era. E é. E vai continuar a ser. Agora nem isso temos para nos distrair. Porque neste momento tudo ficou suspenso. A nossa própria vida está suspensa. Estamos a enfrentar uma guerra da Humanidade contra um vírus. Chegou em força, longe daqui. Aos poucos aproximou-se de nós, Portugal. Pelo Mundo e por cá já fez mortos. Também alguns já o derrotaram nas suas batalhas individuais. É um inimigo sem rosto. Atacar assim, é cobardia. Nós ainda pouco sabemos sobre ele. Mas ele espalha-se entre nós com grande facilidade e enfraquece-nos. Pode nem fazer nada mas também pode matar. E é isso que temos de evitar. Que ele mate o menos possível. Porque este inimigo veio para ficar. Temos que o estudar, conhecer para depois o combatermos. E depois aprender a conviver com ele. Só aí a guerra vai terminar. Por isso temos todos, mas mesmo todos, que dar o nosso melhor. 

Até aqui pediam-nos que ficássemos em casa o mais possível. A partir de hoje, com a entrada do estado de emergência em Portugal, não é pedido, é ordem. E ainda bem que assim é. Mesmo com todas as consequências que isso possa trazer ao país, é o mais indicado neste momento. É a melhor maneira de adiar o contágio em massa para que possamos ter resposta para todos quando precisarmos dela. É aqui a nossa intervenção nesta guerra. Vamos fazer a nossa parte.

Fiquem em casa. Protejam-se a vocês e aos vossos. E a todos nós. Eu, como profissional de saúde que sou, não posso ficar em casa. Não estou na primeira linha de combate, mas tenho que lá estar e lá estarei todos os dias a fazer a minha parte em prol dos outros, com todos os cuidados possíveis para não trazer o inimigo para casa, para os meus. É esse o meu maior medo. Mas os medos são para enfrentar. E é o que estamos a fazer todos os dias.

Voltando ao desporto, temos agora o jogo mais difícil para jogar. Um jogo nunca antes disputado. Mas a força, a coragem e união desta Nação Valente há-de guiar-nos à vitória! 


E PLURIBUS UNUM

quarta-feira, março 11, 2020

Sempre BENFICA

Depois do empate com o Moreirense fiquei mesmo desolada. Perdemos a liderança e deixamos de depender só de nós. Nessa semana andei mesmo em baixo pois estava mesmo difícil de acreditar no que tinha acontecido. E aí aconteceu a gala de entrega dos troféus Cosme Damião onde ouvimos aquilo que queríamos ouvir dos nossos e acho que até os mais descrentes voltaram a acreditar. E eu voltei mesmo a acreditar e achava que era já no sábado que íamos voltar ao nosso lugar. Acreditei que a nossa equipa ia responder à altura contra o Vitória de Setúbal, como nos prometeram, e acreditei que o rival podia escorregar em casa com o Rio Ave. E o pior de tudo é que isso aconteceu e nós não fizemos a nossa parte. Tudo o que nos prometeram não cumpriram. A primeira parte em Setúbal foi mais do mesmo. E só depois de sofrermos o golo fomos capazes de reagir. Mas não chegou. Não fomos capazes. Voltou a custar muito. Felizmente o que acreditava que poderia acontecer no outro jogo aconteceu. Mas ficou tudo na mesma com menos um jogo para jogar. O que vale é que não somos só nós que estamos mal. E isso pode dar algum ânimo. Mas nós temos que fazer mais. Muito mais! E temos que continuar todos juntos. Porque só assim podemos ser mais fortes. E agora será juntos como eu costumo estar, à distância. São medidas de contingência necessárias por uma questão de saúde pública. O Estádio da Luz é um lugar mágico. Mesmo vazio é imponente. E talvez assim até se sinta mais o peso do que é representar o Benfica. Porque é sempre isso que está em causa jogar sempre pelo BENFICA!