sábado, outubro 09, 2021

Dia de Benfica!

 Amanhã será mais um dia muito importante para o Sport Lisboa e Benfica. Há quase um ano foi a primeira vez que votei nas eleições do meu clube, com muito orgulho e com muito sentido de responsabilidade. Sabia que o futuro não podia passar por Luís Filipe Vieira. Infelizmente ele não quis sair pelo seu próprio pé com alguma dignidade. Nunca se devia ter recandidatado. Mas a escolha foi dele. Na altura votei em Noronha Lopes porque não queria Vieira. Não que o considerasse, nem a ele nem a Rui Gomes da Silva, excelentes alternativas. Mas em Vieira é que não podia votar. 

Quando Vieira foi detido e Rui Costa assumiu a direção e anunciou eleições antecipadas esperava que pelo menos Noronha Lopes se assumisse como forte alternativa depois do apoio que tinha tido nas últimas eleições. Para meu espanto nem ele, nem Rui Gomes da Silva, se bem que este se afastou logo após as eleições. Apenas Francisco Benitez, líder do movimento "Servir o Benfica", que no ano anterior começou por ser candidato e depois se uniu a Noronha Lopes, assumiu a candidatura. Confesso que fiquei muito desiludida. Depois de o Benfica ter chegado ao ponto miserável de ver um presidente ser detido achei que fosse a hora de ilustres benfiquistas se unirem e se chegarem a frente para o salvar. Mas isso não aconteceu. 

Ao que julgo saber, Francisco Benitez é um enorme benfiquista e admiro a sua coragem ao apresentar novamente a sua candidatura. Mas para mim não é a alternativa neste momento sobretudo sem conhecermos aqueles que o irão acompanhar. Quanto a Rui Costa dispensa qualquer tipo de publicidade. Foi idolatrado pelos benfiquistas enquanto jogador. Se nessa altura nos dissessem que ia ser presidente do Benfica íamos adorar. Acabou por ser  presidente nestes últimos 3 meses nas condições que todos sabemos. Apresenta-se agora para ser legitimado pelos votos dos sócios. Depois de todo o seu caminho como dirigente ligado a Luís Filipe Vieira esperava que viesse cortar o mal pela raiz e afastasse muitos dos nomes que manteve. Nisso faz-me estar de pé atrás. Receio que continuemos a ter mais do mesmo. Mas por outro lado acho que lhe devo o meu voto de confiança. Neste caso os meus 20 votos. Não quero votar em branco. Foram estes os candidatos e não posso não votar Rui Costa.

Por vezes há males que vêm por bem. Vieira nem devia ter concorrido muito menos ter ganhado. Mas assim ficamos a perceber que aqueles opositores não eram as alternativas. Se há um ano se propunham liderar o Benfica nos próximos 4 anos como é que nem um ano depois já não estão disponíveis para o fazer? A mim só me convencem que concorriam contra Vieira e não pelo Benfica. E não é isso que precisamos. Precisamos de alguém que lidere pelo e para o Benfica e não contra ninguém. E aí confio no benfiquismo de Rui Costa. Poderei estar enganada. O futuro o dirá. Amanhã se verá quem vence. Seja quem for será o "Meu" presidente e terá todo o meu apoio. Porque o sucesso dele será o sucesso do Benfica e é só isso que interessa! E que tenha consciência que o Benfica somos nós!

SEMPRE PELO BENFICA!



quarta-feira, setembro 29, 2021

VAMOS BENFICA!

 Hoje há noite europeia na Catedral da Luz. O Benfica regressa hoje aos jogos em casa na Liga dos Campeões. E logo contra o Barcelona, um colosso mundial! Que grande jogo se espera! O histórico dos confrontos contra os espanhóis não nos é nada favorável. Vencemos apenas por uma vez... mas que vez! Foi a conquista da primeira Taça dos Campeões Europeus, a actual Liga dos Campeões, para o Benfica! Nunca mais os conseguimos vencer. Hoje vamos defrontá-los quando eles atravessam um período mais frágil do seu percurso. Teremos uma possibilidade maior de os vencer. Mas isso são apenas teorias e possibilidades. Em campo é que temos que mostrar se conseguimos ser superiores. O Benfica atravessa um excelente momento ainda sem derrotas esta época. É hora de volta a mostrar ao mundo quem é o Benfica!

Que o inferno da Luz esteja a rubro e ajude a equipa rumo à vitória!

Vamos com tudo! Vamos sempre, PELO BENFICA!


terça-feira, agosto 24, 2021

De regresso

 À Liga dos Campeões! Onde o Benfica devia estar sempre. 

Foi uma eliminatória muito sofrida mas muito merecida. Depois da vitória na primeira mão bastava um empate hoje. A jogar com menos um desde os 32 minutos só muita garra, querer e ambição podiam dar-nos a qualificação. Foi isso tudo que tiveram. Mas acima de tudo tiveram união e foram uma equipa! Entregaram-se por completo, pelo Benfica!

Que orgulho ter sentido o "meu" Benfica à Benfica!




quinta-feira, agosto 19, 2021

Parabéns menino de ouro

 Foi assim que ficou conhecido João Vieira Pinto. Um grande jogador português, um dos melhores jogadores do Benfica. O meu maior ídolo! Com ele aprendi a gostar de futebol e a torcer fervorosamente pelo Benfica. O jogo da sua vida, o inesquecível 6-3 em Alvalade, é das minhas primeiras recordações de jogos de futebol. E o campeonato desse ano é o primeiro que me lembro de festejar. As minhas primeiras recordações felizes de futebol e do Benfica ficarão sempre ligadas a João Pinto.

Parabéns pelos 50 anos de vida!

A minha relíquia!


quarta-feira, junho 02, 2021

O Benfica somos nós

A 23 de maio o Benfica terminou a época 2020/2021. Terminou como começou, a perder. Foi uma época de terror, a fazer lembrar tempos negros do passado que pensei não voltar a ver no Benfica

O problema do Benfica está dentro do próprio clube, de quem lá está, e já se vem a arrastar há algum tempo. A meu ver o desinvestimento na época de tentar o pentacampeonato mudou o destino vencedor que se estava a criar. No ano seguinte a Reconquista foi um milagre de Bruno Lage. Na minha opinião era um treinador que tinha todas as condições para ficar largos anos no comando técnico do clube, mas com uma direção que o quisesse lá, que lhe desse condições para singrar e, claro, que colocasse os interesses do Benfica na frente de interesses próprios.

No último ano Luís Filipe Vieira fez um investimento louco e desmedido, que não fez até então, na esperança de conquistar os sócios para lhe darem mais 4 anos na liderança do clube. O seu objetivo foi conseguido e a maioria deu-lhe o que ele queria. Para mim já tinha chegado ao fim o seu reinado. Não sou fanática anti-Vieira, reconheço que fez um trabalho fantástico e recuperou o Benfica na sua fase mais negra. Fez muito trabalho positivo. Agradeço-lhe muito por isso. Mas tudo tem o seu tempo e um fim. Deveria ter saído em outubro. Não se ter recandidatado teria sido o mais sensato, saía pela porta grande. Sendo candidato não deveria ter sido reeleito. As alternativas podiam não ser a melhores. Rui Gomes da Silva foi quem se assumiu primeiro mas não reunia muito consenso no meio dos benfiquistas. Noronha Lopes parecia o mais indicado mas talvez tenha aparecido tarde demais para alguns benfiquistas. Vieira apostou tudo num treinador que, para mim, jamais voltaria ao Benfica, e conquistou a maioria dos sócios que lhe garantiram a continuidade na presidência. Sendo assim só me restava apoiar quem estava e acreditar que quem estava errada era eu.Apesar de não ser a favor do regresso de Jorge Jesus sempre acreditei que pelo menos a equipa iria jogar bom futebol. Não podia estar mais enganada. A época não foi só péssima a nível de resultados como também a nível de futebol praticado.

Após falhar o último objetivo na Taça de Portugal e terminar a época sempre pensei que alguém da estrutura viesse assumir responsabilidades. Nem direção, nem equipa técnica foram capazes de assumir o que quer que fosse. Até ao fim refugiaram-se no surto de Covid que afetou a equipa sem reconhecerem os próprios erros. O antes e o pós surto Covid ninguém assumiu. E durante o próprio surto a equipa não podia ter jogado como outros não jogaram. Aceitamos tudo o que nos fazem, não defendemos os próprios interesses, queremos que outros nos defendam e depois lamentamo-nos. Isso não é defender o Benfica. E Jorge Jesus podia e devia ter a humildade de assumir o falhanço total. A equipa praticou um futebol deprimente do passe para o lado, passe para trás. Ainda na final da taça, atribuir a derrota ao lance da expulsão do Helton Leite, por muita razão que se tenha, é lamentável. Obviamente que condicionou o jogo. Mas o que mais condicionou o nosso jogo foi a opção do treinador ao tirar o Pizzi quando jogava com 3 centrais. Eu já vi o Benfica em inferioridade numérica ser muito superior ao adversário. E até com Jesus no comando... outros tempos! Houvesse raça e coração que o resultado seria outro. Mas quando do banco se vê resignação não há milagres. Este Jesus veio ainda pior do que o que foi. Ainda mais convencido a achar-se o salvador pátria sem capacidade de assumir os erros pois na sua opinião ele é perfeito.
Quando foi contratado disse que só quis assinar por uma época. Vieira queria quatro. Ficaram-se pelas duas. Se ele só queria uma, se não atingiu nenhum objetivo nem sequer cumpriu nada do que prometeu, não seria de grande dignidade chegar-se à frente, assumir a culpa e ir-se embora? Uma vez que não o fez não seria a vez da direção o fazer a ele e/ou com ele. Sempre pensei que tínhamos Homens no cube mas afinal enganei-me. Estas mesmas pessoas que estão a afundar o Benfica estão a preparar a próxima época. Até tenho medo do que aí vem.
 
Agora já muitos benfiquistas que elegeram Vieira estão arrependidos. Mas no próprio dia já era tarde. Já está marcada a próxima Assembleia Geral do clube. Mas se alguém tinha esperança de aí poder alterar alguma coisa pode esquecer. Para a realização da Assembleia há imperativos de segurança sanitária a cumprir que obrigam a que a apreciação e a questão aos documentos objeto da votação seja por email. Digamos que muito conveniente neste momento para a direção. Lamentável.

Estou profundamente desiludida não só com a época que terminou como com o rumo que o clube está a ter. É muito triste e doloroso ver que o Benfica está a servir interesses pessoais e não os interesses dos benfiquistas. Com muita pena minha. Apesar de tudo é muito importante manter a união da família benfiquista! Porque o Benfica somos nós! E cá estaremos sempre para o que der e vier!


SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS!

domingo, maio 16, 2021

Questão de honra

Ontem tivemos a confirmação do terceiro lugar neste campeonato. Vencemos o atual campeão, que ainda estava invicto, mas a vitória do Porto não nos permite alcançar o segundo lugar mesmo com uma jornada para jogar.
Em fevereiro escrevia aqui no blog a minha vontade que o campeonato acabasse rápido e trouxessem o meu Benfica de volta. Depois disso a equipa começou numa série de vitórias que até nos fez sonhar se a final iam entrar no bom caminho e o passado tinha mesmo ficado para trás. Até tive medo de escrever, não fosse eu que dava azar. Mas na receção ao Gil Vicente decidimos estragar tudo e acabar com os sonhos. O segundo lugar dependia apenas de nós e com esse resultado deixou de depender. Continuamos com um treinador que se orgulha muito de ser a equipa que tem mais pontos na segunda volta mas nem por isso conseguimos vencer o Porto em casa e voltar a aproximar-nos do segundo lugar. Lugar esse que garantia o acesso direto à liga dos Campeões. Ontem, depois de uma remontada na Madeira que começou mal mas acabou bem, só se pedia a vitória. Porque ao Benfica só se pede a vitória, sempre.  Vencer era uma questão de honra, contra um rival, o Sporting, que apesar de já ser campeão ainda não tinha perdido um jogo. O Benfica venceu mas ainda sofreu. Num jogo onde estivemos a vencer por 3-0 jamais se pensaria que iria acabar 4-3. Ainda sofremos mas vencemos. No jogo de ontem ficaram evidentes muitas das fragilidades da época como a dificuldade em segurar resultados positivos da nossa parte, mas também as falhas graves de arbitragem que nos prejudicaram e muito em toda a época.

Falta uma jornada do campeonato, o Benfica desloca-se a Guimarães, onde só a vitória interessa. Depois disso há ainda um troféu para conquistar. A Taça de Portugal joga-se a 23 de maio contra o Braga. É sempre um dos objetivos da época. Vencê-la não a salva, mas minimiza os danos.

Os 117 anos de Sport Lisboa e Benfica impõe-lhe entrar em qualquer jogo, seja a feijões ou a milhões, para ganhar. A Taça de Portugal é a prova rainha do futebol português e só se pode pensar em ganhá-la. 

O meu amor ao Benfica é maior que qualquer tristeza e por isso aqui continuo a torcer. Porque o Benfica é maior do que qualquer jogador, treinador ou presidente. E o Benfica somos nós, adeptos, todos os outros passam, só nós ficamos!

Amo-te Benfica!


domingo, fevereiro 28, 2021

A 28 de Fevereiro de 1904

Nasceu aquele que viria a ser o amor da minha vida! Celebra hoje 117 anos, o SPORT LISBOA E BENFICA!

Independentemente da fase em que o clube se encontra, o seu aniversário será sempre um motivo de celebração. São 117 anos de glória, de conquistas, de honra e prestígio. Muitos momentos altos, alguns momentos baixos, valores que nos orgulham e um lema que sempre soubemos representar e do qual nos orgulhamos, E PLURIBUS UNUM, DE TODOS UM! E por isso mesmo seguimos JUNTOS, como sempre!

Parabéns ao "meu" Benfica! Parabéns a todos os benfiquistas! Parabéns AMOR DA MINHA VIDA!



sexta-feira, fevereiro 26, 2021

Que acabe depressa...

Esta época maldita. Mas o nosso problema não é só esta época. Isto já se arrasta há mais de um ano. O problema está lá dentro, em pessoas que de benfiquistas não têm nada. Que não sentem o que nós sentimos. Há que esteja a fazer muito mal ao Benfica. E esses é que têm de acabar. Porque estão a matar o Benfica!

Ontem foi só mais uma machadada. Partíamos para a segunda mão da eliminatória contra o Arsenal com um resultado desfavorável mas acessível, que nos obrigava a marcar um golo. Ontem vi atitude e raça nos nossos jogadores como não vi noutros jogos. Mas foi o Arsenal a primeira equipa a marcar. A nossa equipa não deitou a toalha ao chão e conseguiu dar a volta ao resultado. Estivemos na frente da eliminatória a vencer e a empatar. E não conseguimos segurar nada! Eu sei que connosco quando é para correr mal, corre mesmo muito mal. Mas já estamos no charco há muito tempo. Já não devia continuar a correr mal. Já era hora de nos reerguermos como já tantas vezes fizemos. Apesar de ter visto outra atitude não vi melhor futebol. O futebol que praticamos não dá esperanças a ninguém. Jogamos demasiado para trás. Recuamos tanto que só podemos sofrer golos. Não devem conhecer os ditados "para trás mija a burra" e "para a frente é que é  Lisboa". Dizemos  muito isso por aqui ao ver os jogos, quando queremos que a equipa vá para a frente. Mas esta equipa foge de Lisboa e mijam-se que nem burros. Assim não dá. Mesmo antes antes do terceiro golo do Arsenal, quando o Benfica sobe no terreno Jesus manda recuar a equipa, viu-se o resultado, eliminatória perdida. O Benfica quando joga para o empate perde sempre. E com Jorge Jesus isso já é velho. Mas com ele já não adianta, "burro velho não aprende línguas" e este já não aprende nada, acha que sabe tudo!

Como clube popular que somos vamos acreditar que "não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe". E este vai acabar. Mas é preciso "cortar o mal pela raíz"!

Saudações Benfiquistas!

sexta-feira, fevereiro 19, 2021

Saudade

Tenho saudade do Benfica que se agigantava na Europa e me fazia sonhar com títulos europeus. Tenho saudade de acreditar que venha quem vier morre. Podia não ser verdade mas acreditava nisso. Porque as equipas desse Benfica davam tudo e superiorizavam-se muitas vezes adversários mais fortes. Eu nunca vi o Benfica conquistar um troféu europeu mas já vi o Benfica fazer boa figura nas competições europeias. Num passado mais recente estivemos em finais europeias, com este mesmo treinador, e este Benfica não tem nada a ver com esse. Quem tanto sonhou com o regresso de Jesus já devia saber que a segunda passagem de um treinador pelo clube nunca foi melhor. Esta nem igual nem parecida sequer está a ser. Muda de táctica mas o futebol é o mesmo. Cansa ver esta equipa jogar. Eu que sempre fui daquelas que acreditava sempre e até ao fim, fosse contra quem fosse, agora até tenho medo do que pode sair de cada jogo. 

A presença do público faz muita falta ao Benfica. Se dúvidas havia de que o Benfica somos nós, estão dissipadas. Mas nós também precisamos que puxem por nós, que nos entusiasmem, que nos façam acreditar que o nosso apoio não é em vão. Ontem tivemos a agravante de jogar fora de casa no nosso jogo de casa devido à pandemia. Acabam por ser dois jogos fora. Não sei quem foi o responsável pela escolha do estádio, mas não foi uma escolha muito feliz. Jesus disse que escolheram Roma que também era vermelha. Mas o estádio tinha as bancadas azuis. Não sei que semelhanças tinha com o Estádio da Luz! Acho que nesse aspecto vamos sentir-nos melhor na Grécia. O estádio escolhido pelo Arsenal tem bancadas vermelhas como no estádio deles. Vamos aguardar para ver o que acontece para a semana na segunda mão. A eliminatória está em aberto mas temos que marcar pelo menos um golo. Antes ainda há jogo para o campeonato, no domingo, em casa do Farense. Cá estarei a torcer, como sempre!



segunda-feira, fevereiro 15, 2021

O amor da minha vida

Já não há paciência para este futebol. Um dia inteiro à espera de ver o amor da minha vida, para isto? Tínhamos a oportunidade de reduzir a desvantagem para o segundo lugar e conseguimos foi deixar escapar o terceiro outra vez. Não sei o que querem mais!

Fomos roubadinhos também, mas também já é habitual. Já sabemos que temos que jogar sempre mais e não o fizemos.

Eu já não tenho paciência. Até já tenho medo do próximo jogo contra o Arsenal. Mas cá estarei a torcer por ti Benfica! Porque és tu o amor da minha vida e não aqueles que tão mal te representam. 

P.S.: Enquanto escrevia este post estive a rever os lances do jogo e há clara alteração de imagens na colocação das linhas de fora de jogo no lance do penalti do Moreirense. Entre outras falhas graves como o penalti sobre Vertonghen. Roubo puro. Continuem a comer a calar como fizeram com o surto de Covid. Não defendam os interesses do Benfica. Juntar isto às fracas exibições e pouco querer vamos longe.