segunda-feira, maio 03, 2010

Mais uma semana!

2 de Maio de 2010 Liga Sagres 29ª Jornada
Porto 3 - Benfica 1

O Benfica continua a um ponto da conquista do campeonato. Podia ter sido hoje, devia ter sido hoje! Estou desolada! Eu acredito que para a semana ganhamos, sem dúvida, mas tínhamos tudo para ganhar hoje. No estádio dos corruptos, dos arruaceiros que festejaram efusivamente o 3º lugar. Para eles adiar a festa do Benfica foi como ganhar o campeonato.

O Benfica teve oportunidades para marcar, desta vez a sorte do jogo estava do lado contrário. Sorte e não só. O Benfica teve as melhores oportunidades de golo para abrir o marcador. Aos 3 minutos já Di María atirava a bola à barra da baliza contrária. A bola ainda foi desviada por um jogador do Porto, mas Olegário começava a ter os seus problemas de visão. Este senhor vinha com a lição tão bem estudada que tratou logo de amarelar 3 jogadores do Benfica, dois dos quais, Di Maria e Coentrão, em risco de ficar de fora no último jogo. O amarelo a Di Maria é ridículo. Para o Benfica começou com esta chuva de cartões. Quando Fucile fez a segunda falta para cartão, que seria o seu segundo e consequente expulsão, resolveu mudar o critério. Mas no fim Jesualdo teve a coragem de se queixar da expulsão desse jogador que só aconteceu na 2ª parte.
Depois Javi Garcia desperdiçou uma grande oportunidade de abrir o marcador. Pouco antes do intervalo o Porto chegou ao golo, através de um canto.
Ao intervalo o Benfica perdia por 1-0, quanto a mim injustamente.

No início da 2ª parte Fucile simulou uma grande penalidade, viu o segundo amarelo e respectivo cartão vermelho. Com mais um jogador, o Benfica chegou ao empate através do capitão Luisão, que recebeu uma bola de Maxi Pereira no interior da área contrária e rematou para o fundo da baliza. Aqui festejei tanto e pensei que o Benfica ia controlar até ao final do jogo. Mas infelizmente tiveram uma desconcentração logo a seguir. Ficaram apáticos e deixaram que o porto voltasse à vantagem (eu acho que o golo até é fora de jogo, mas os jogadores não podem permitir aquilo).
A equipa do Benfica ainda tentou reagir mas não conseguiram voltar a fazer o empate que nos dava o tão desejado título. E perto do fim ainda sofreram o 3º. Contra 10 podiam ter feito melhor. Aqueles gloriosos e corajosos 2500 adeptos que se deslocaram até ao estádio mereciam fazer a festa. Foram uns heróis. A equipa não esteve mal mas não esteve tão bem. A equipa adversária festejou muito por adiar a nossa festa. Nesta jornada, mesmo com a vitória, ficaram afastados do 2º lugar.

Que o Porto não sabe perder já todos sabemos, mas também não sabe ganhar. Pois Jesualdo Ferreira, que foi expulso por insultos ao árbitro assistente, veio queixar-se da arbitragem. É preciso ter muita lata... Eles bem tentam branquear as suas culpas pelo lugar que ocupam na tabela classificativa. Mas só se enganarem aqueles adeptos que não vêem mais nada à frente dos olhos. Aqueles que apenas sabem utilizar a violência contra os adversários, como forma de apoio à sua equipa. Mentalidades atrasadas com atitudes de vândalos. Mas enquanto lhes permitirem tudo eles vão cada vez mais longe. Fica aqui o vídeo onde o nosso director de comunicação revela a atitude da PSP.


Equipa do Benfica: Quim; Maxi Pereira, Luisão, David Luiz e Fábio Coentrão; Javi Garcia (Aimar, 62’), Ramires, Carlos Martins (Kardec, 81’) e Di María; Saviola (Weldon, 65’) e Cardozo.


O Braga voltou a vencer, garantindo o 2º lugar, e adiando a disputa do primeiro. O golo do Braga parece uma anedota... para além do Meyong estar em fora de jogo, o guarda-redes Coelho larga a bola oferencendo o golo ao avançado bracarense. E no fim, ouvimos um Domingos muito animado, muito confiante para a última jornada, porque o Benfica perdeu 3 jogadores importantes para o último jogo e sobre pressão sofreram 3 golos. É triste ver pessoas tão arrogantes no futebol português. Mas este não nega de onde veio. Não ficava nada mal ao treinador e também jogadores um bocadinho de humildade, mas se calhar já lhes estou a pedir de mais...

Esta jornada foi mais uma prova de que o sistema não desarma. O polvo está vivo. Espera-se mais um "grande" árbitro para domingo. Venha ele e quem mais quiserem! Este campeonato tem que ser do dono! O Benfica fez muito, e muito mais do que outros já fizeram, para o merecer. Só temos que mostrar o que valemos, no nosso grandioso Estádio da Luz, diante dos maravilhosos benfiquistas que já esgotaram os bilhetes.
Vamos continuar a lutar pelo nosso sonho! Agora sim, vai ser "A FINAL"!
Carrega Benfica!

2 comentários:

Jotas disse...

Em 1º lugar, quero felicitar o Porto pelo 3º lugar garantido ontem à noite e que tão efusivamente foi festejado pelos seus adeptos com toda a legitimidade, um lugar no pódio justo, de uma equipa que pautou a sua época por uma teoria de vitimização constante, logo vinda daqueles que estiveram anos a fio ligados à mais negra página do futebol português.
Apesar da vitória do Porto ter de se aceitar, pois o Benfica tem muitas culpas próprias nesta derrota, porque empatando o jogo e em superioridade numérica deveria ter outra calma e gerir a partida de outra forma e nós benfiquistas devemos assumir os nossos erros, julgo que a arbitragem teve o seu papel, mas eu até nem iria falar de arbitragem, porque acho que o Benfica, no essencial, perdeu por culpa própria, mas, depois de ouvir o que Jesualdo Ferreira disse no final da partida, acusando o árbitro de dualidade de critérios, tive de escrever no meu blogue o seguinte: "só posso concluir uma de duas coisas, ou Jesualdo está senil e já não diz coisa com coisa, ou ao analisar o jogo, fê-lo na condição de benfiquista e não na de treinador do Porto.
De facto, só alguém que não está no seu perfeito juízo, pode acusar Olegário Benquerença de qualquer coisa em prejuízo do seu clube, quando foi precisamente o Benfica a ter razões de queixa e muitas, não só para este jogo em si, mas essencialmente tendo em vista a última jornada, os amarelos mostrados a Di Maria e Javi, foram absolutamente ridículos, Di Maria vê amarelo por ter sofrido uma falta e estar no chão com 2 jogadores do Porto a ameaça-lo e ele encolhido, não esboçando qualquer reacção, Javi Garcia vê amarelo por ter efectuado um corte limpo, transformado em livre temos ainda o caso do amarelo a Fábio, este até posso aceitar, mas estranho apenas, que os 3 primeiros amarelos mostrados aos jogadores do Benfica, tenham sido precisamente a jogadores em risco de exclusão e sem que nada o justificasse, imaginem o cenário de vitimização que seria criado se fosse ao contrário.
Ficou ainda um penalti claro por marcar contra o Porto, Hulk mete mão na bola, a qual está bem afastada do corpo a quando do livre de Di Maria, num entanto no lance sobre Maxi Pereira dou o benefício da dúvida e o erro mais grave, está no 2º golo do Porto, aliás, um duplo erro na mesma jogada, Farias o autor do golo, está em posição irregular e Belushi faz uma simulação grosseira de penalti, logo, seria falta contra o Porto e amarelo para Belushi, por isso, acho que ninguém no seu perfeito juízo consegue perceber a que se referia Jesualdo, uma palhaçada, vindo de um homem que naquele clube, enraizou bem a sua cultura.

sloml disse...

Vamos ganhar 4-0 para a semana, não precisamos de ficar preocupados. O jogo com o Porto foi algo à parte do resto do campeonato. Domingo tudo voltará ao normal.